segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Cantar com gosto

Adorei os vídeos do Jorge and Alexa Narvaez. Pelo que entendi, eles são pai e filha e resolveram fazer vídeos dos dois catando junto. Achei muito legal a interação que eles tem, sem a preocupação de fazer uma apresentação acabada e sem erros. A Alexa participa do jeito que pode e consegue, assim como o Jorge.
Mas o que eu mais gostei é que a Alexa se diverte cantando. Dá gosto de ver e de ouvir.
Espero que vocês também gostem!





quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Definição de Rodeio

Babacas que gostam de maltratar animais e idiotas que gostam de assistir aos maus tratos.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Momento Pânico

Pessoal, estou com muito trabalho na faculdade. Mas, logo, logo volto com as postagens.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Estupros e violência em Barão Geraldo

Hoje acontecerá uma passeata para protestar contra a onde de estupros que vem acontecendo em Barão Geraldo, perto da Unicamp, onde eu moro. A contração será às 15h, no Balão na entrada da Unicamp, na Avenida 1 (Av. Romeu Tórtima).

Na minha opinião, as coisas tomaram esta proporção por conta das declarações infelizes que o delegado deu. Além de colocar a culpa nas vítimas, dizendo que elas andavam sozinhas, desacompanhadas e em horários inapropriados, ele falou que não há motivo para preocupação porque o número de casos registrados está dentro da média.

Eu duvido que se a mãe, a esposa ou a filha dele tivessem sido estupradas, ele trataria o caso como mais um dentro da média.

É por conta destes funcionários sem noção que muitas mulheres violentadas não registram queixa. Na grande maioria, sempre se tenta transformar a vítima em culpada. A roupa que ela tava usando e a sua vida sexual não são desculpas para que alguém seja estuprado. Muitas vezes quando uma mulher chega na delegacia, os policiais perguntam pra ela qual roupa ela estava usando. O QUE ISTO INTERESSA? A pessoa pode estar PELADA que ninguém tem o direito de encostar a mão nela. O tamanho da saia não é justificativa para o estuprador fazer o que faz.

Por causa do medo, eu não ando mais sozinha. Sempre que saio é acompanhada e acho isto um absurdo. Eu me sinto como se tivesse perdido minha liberdade de ir e vir. Por causa disto, e em solidariedade às vitimas deste crime horrível, eu estarei na passeata. Se conseguir, tirarei algumas fotos e postarei aqui no blog.. Bastante gente que eu conheço vai participar e espero que isto ajude a melhorar um pouco as coisas por aqui.

E vale lembrar:

"Estupro é crime, independente da roupa, do comportamento e de qualquer outro pretexto que se possa pensar. A culpa é do estuprador. Todas as mulheres devem ter direito de se vestir como quiserem e ninguém tem o direito de mexer, fazer gracinhas ou violentá-las".

Para saber mais sobre os casos, seguem os links de duas matérias que saíram no jornal local:

E este aqui foi um e-mail que recebi, noticiando mais um caso:

"Na última sexta-feira foi notificado mais um caso de estupro em Barão Geraldo, desta vez perto da moradia da Unicamp. Infelizmente este não é um caso isolado, o que se comprova pelo absurdo de três estupros em apenas duas semanas, um deles perto de um distrito policial próximo à Unicamp. A própria universidade muitas vezes mascara estes dados ao abafar os casos de estupro e mostra total descaso com esta violência brutal ao não tomar medidas, ainda que mínimas, que garantam a integridade física das estudantes, como iluminação adequada, circular interno, e seguranças com concurso público, preparados para prevenir casos como este e receber estudantes que tenham sofrido tamanho trauma.

A resposta da polícia a esta situação, que vem assustando e indignando principalmente moradoras e estudantes, é dizer que é normal em um local com muitos moradores de cidades menores e outros países, que não têm o hábito de tomar os mesmos cuidados que quem já mora em Campinas, haver este tipo de crime. De acordo com o delegado do 7º DP, Tadeu de Almeida, não há motivo para preocupação, já que o número de casos registrados está dentro da média esperada.

Achamos que o machismo é uma ideologia imperante em nossa sociedade, que tem o estupro como sua face mais perversa; repudiamos a declaração do delegado, que apenas naturaliza esta ideologia, isto é, a própria opressão. É um direito nosso, das mulheres, de ter relações sexuais com quem queremos, mas também é nosso direito de dizer NÃO. E a culpa não é e nunca pode ser jogada na vítima: não é possível que tenhamos nossa liberdade cerceada, que sintamos medo toda vez que saímos de casa ou que usamos tal ou qual roupa.

Porém, também acreditamos que as saídas individuais, como as aulas de defesa pessoal, não bastam. Além de medidas imediatas que busquem prevenir a violência machista, devemos nos organizar, mulheres e homens trabalhadores e da juventude, para combater essa ideologia. E identificar qual o nosso verdadeiro inimigo: o capitalismo, que utiliza do machismo para melhor oprimir e explorar o povo, dividindo mulheres e homens trabalhadores numa luta entre si.

Exigimos nosso direito de estudar e trabalhar sem ter receio na hora de voltar para nossas casas! Exigimos nosso direito de usar minissaias e roupas que desejamos sem o medo de que sejamos as próximas a serem estupradas! Exigimos nosso direito de ter relações sexuais com quem quisermos!

ACORDA UNICAMP!"

Este muro é próximo a minha casa. Eu moro perto da delegacia, mas nem por isto eu me sinto segura.




quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Farofeiro Suíço

Propaganda da Victor Inox. A ideia é poder transformar o seu carro no menor motor home do mundo. O nome da engenhoca é SwissRoomBox.
Acampar com um negócio desses seria ótimo, não? Por isto que eu sempre falo: na próxima encarnação eu quero nascer na Suíça - lá até as vacas parecem felizes!


Razões para vc sempre carregar uma câmera - 2





terça-feira, 9 de agosto de 2011

O mito da mulher limpinha

Fiquei feliz em ler este texto, pois fala sobre uma pesquisa que veio confirmar uma de minhas suspeitas: fazer as unhas não é algo tão seguro assim.
Se eu for contar as vezes que fui a uma manicure, não preencho uma mão. E um dos grandes motivos, além da falta de tempo, interesse e paciência, é a questão da transmissão de doenças. Como saber se o material que a manicure utiliza foi devidamente esterilizado? Por via das dúvidas, sempre achei mais seguro cada cliente levar seu kit. Eu não tenho nada contra manicures e acredito que muitas delas tomam os devidos cuidados. Porém, a pesquisa alerta para uma realidade que não é muito divulgada: as pessoas estão se contaminando com hepatite e espalhando o vírus sem sabem. Hepatite é doença séria, porém pouco divulgada ou abordada na mídia, o que é uma pena e o que faz as pessoas darem pouca importância a ela.

A publicação do artigo está aqui.

O MITO DA MULHER LIMPINHA

CRISTIANE SEGATTO
Repórter especial, faz parte da equipe de ÉPOCA desde o lançamento da revista, em 1998. Escreve sobre medicina há 15 anos e ganhou mais de 10 prêmios nacionais de jornalismo. Para falar com ela, o e-mail de contato é cristianes@edglobo.com.br

Nunca conheci uma mulher que não faça as unhas. O mercado profissional das manicures é curioso. Quando a economia vai bem, as plaquinhas que anunciam vagas se multiplicam pelas cidades – dos salões luxuosos às bibocas mais improvisadas. Quando a economia vai mal e o desemprego avança, as manicures são as últimas a sentir a crise. O salário delas passa a sustentar a família. Manicure não fica sem trabalho. É serviço de primeira necessidade – às vezes disputado no grito pelas clientes.

Se todas as mulheres e muitos homens frequentemente sofrem ferimentos provocados pelos alicates – os terríveis “bifes” – quem garante que não sairão do salão infectados por um vírus que pode ser fatal?

Ninguém garante. A existência de autoclaves e estufas nos salões não é garantia de coisa alguma. Foi o que descobri ao entrevistar a professora de enfermagem Andréia Schunck, do Hospital Emílio Ribas, em São Paulo.

Em seu doutorado, Andréia decidiu investigar de que forma as manicures contribuem para a disseminação das hepatites. Ninguém sabe ao certo quantos são os portadores dos vírus B e C no Brasil. Estima-se algo entre 1,5 milhão e 4 milhões. É gente demais.

Esses vírus provocam inflamação no fígado. São um gravíssimo problema de saúde, como contou o médico Drauzio Varella nacoluna da semana passada. Drauzio vai levantar o assunto na nova série do Fantástico, que estreia no dia 17.

Os vírus podem danificar o fígado durante décadas sem dar o menor sinal. Quando o doente o descobre, já infectou várias outras pessoas por meio do contato com material perfurante ou nas relações sexuais. Muitas vezes a doença já chegou à fase de cirrose ou câncer. O único recurso passa a ser o transplante. Ele é disputado numa fila cruel, mais longa que a do coração e a dos rins. Grande parte dos pacientes morre antes de conseguir o órgão.

É chocante perceber que todo esse sofrimento poderia ser evitado se normas básicas de higiene fossem efetivamente cumpridas. Andréia visitou cem salões de beleza da capital paulista. Na periferia, no centro, nos shoppings, nos bairros nobres. A metodologia foi rígida. Para evitar qualquer viés que invalidasse os dados, pediu ao Datafolha que dividisse as regiões da cidade por amostragem. O instituto de pesquisa informava um ponto de referência em cada bairro. Uma banca de jornal, uma padaria, uma loja.

A partir dele, a missão de Andréia era caminhar aleatoriamente até encontrar o primeiro salão de beleza. Ao encontrá-lo, se apresentava e fazia a pesquisa. “No Brás, caminhei duas horas e meia até achar um salão. Durante toda a pesquisa emagreci 16 quilos”, diz ela. O esforço valeu a pena. Trata-se de um estudo inédito no mundo.

Andréia passava de seis a dez horas em cada salão. Entrevistava as manicures, observava como elas trabalham e colhia sangue para verificar se tinham o vírus da hepatite B ou C. Em TODOS os salões, encontrou práticas inadequadas.

As manicures não lavavam as mãos depois de atender cada cliente, não lavavam o material antes de colocá-lo no equipamento de esterilização, não usavam as autoclaves corretamente etc. Em um deles, as profissionais achavam que colocar os alicates no forninho elétrico seria suficiente. Tiravam pães de queijo da assadeira e colocavam os alicates no lugar. Inútil. O calor do forninho não é suficiente para matar os vírus.

Até nos salões mais badalados, frequentados por celebridades e divulgados como templos exclusivíssimos do luxo e da beleza, Andréia observou pelo menos um descuido capaz de permitir a transmissão dos vírus.

As manicures não têm noção do risco que correm. Podem pegar a doença das clientes caso se machuquem com o material usado.O mesmo pode acontecer se fizerem as próprias unhas com o material infectado pelas clientes. Andréia observou que essa é uma prática mais comum do que se imagina.

Num dos salões mais chiques de São Paulo, Andréia quis saber por que a manicure não usava luvas. A moça respondeu:

“Não tem perigo. Minhas clientes são limpinhas”.

Tentar adivinhar a condição de saúde de alguém pelas pistas sugeridas pela boa aparência e pela condição social privilegiada é uma tremenda bobagem. Passar a tarde no ofurô, entregar as chaves da BMW ao manobrista e desfilar uma Louis Vuitton por semana não torna ninguém imune aos vírus. Eles não fazem distinção entre os limpinhos e os sujinhos. Os vírus têm um único objetivo neste planeta: crescer e se multiplicar. Para cumprir essa missão com eficiência, é preciso infectar as pessoas sem matá-las rápido demais. Quanto mais tempo o hospedeiro sobreviver e espalhar a praga, mais descendentes os vírus colocarão no mundo.

É exatamente o que fazem os vírus da hepatite B e C. O vírus B é cem vezes mais infectante que o da aids. Tem a capacidade de permanecer vivo em superfícies por até sete dias. A pessoa infectada é capaz de viver décadas sem notá-lo. A mulher que contrai o vírus B na manicure pode transmiti-lo ao parceiro se não usar camisinha nas relações sexuais. A transmissão sexual do vírus C é controversa e rara, mas os especialistas dizem que ela também pode ocorrer. “Parece estar restrita a alguns grupos de risco com práticas sexuais anais e traumáticas”, diz Raymundo Paraná, presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia.

Entre as manicures, a prevalência dos vírus da hepatite é maior que na população geral. Foi o que Andréia comprovou. Os exames de sangue demonstraram que 10% das profissionais entrevistadas estavam infectadas. O vírus B apareceu em 8% da amostra e o vírus C em 2%.

A forma mais segura de se proteger da doença é a vacinação. Existe vacina para o vírus B, mas não para o C. O SUS oferece a vacina contra hepatite B a grupos específicos (profissionais da saúde e do sexo, imunossuprimidos, coletores de lixo etc). As manicures fazem parte dessa lista, mas apenas 15% das mulheres entrevistadas por Andréia sabiam que tinham direito à vacina.

As manicures também tinham muitas dúvidas sobre a forma correta de higienizar o material. Para não correr risco de se infectar ou de infectar as clientes, a profissional precisa cumprir todos os passos a seguir. Na próxima vez em que for ao salão, observe se eles realmente foram cumpridos. É provável que você se assuste:

1) Antes de atender cada cliente, lavar as mãos ou usar álcool gel
2) Colocar as luvas. Usar um novo par a cada cliente
3) Usar lixa e palito descartáveis (um para cada cliente)
4) Abrir o pacote com o material esterilizado na frente da cliente
5) Usar uma toalha limpa ou descartável para cada cliente
6) Lavar os alicates, a espátula e outros instrumentos metálicos reutilizáveis com água, sabão e escova
7) Enxugar esse material com toalha limpa e colocá-lo no envelope especial para esterilização
8) Selar o envelope e colocá-lo na estufa ou na autoclave
9) A estufa não pode ser aberta durante a esterilização. Se uma manicure abrir a porta da estufa enquanto outra deixou o material lá dentro, a esterilização fica comprometida. É preciso manter a estufa funcionando durante uma hora ininterrupta, à temperatura de 170 graus
10) A autoclave é mais fácil de controlar porque funciona como uma panela de pressão. Basta colocar o envelope, fechá-la e esperar até o final da esterilização.


Se você gostou desses passos, espalhe o link e contribua para a saúde de todos. Outra opção é fazer um kit e levar o seu próprio material ao salão. Não basta levar apenas o alicate. “Levo acetona, esmalte, palito, espátula, alicate, tudo”, diz Andréia. Ela tem dois ou três alicates. Manda afiá-los nas mesmas casas especializadas onde as manicures compram o material de trabalho.

Neurose demais? Pode ser, mas estou convencida de que o sofrimento provocado pelos vírus da hepatite é infinitamente maior. “O erro de muitas mulheres é desvincular a saúde da beleza”, diz Andréia. “É importante cuidar da beleza. Mas com saúde”.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A nova Susan Boyle?

No programa Britain's Got Talent de 2010, esta senhorinha escocesa surpreendeu. Janey Cutler é o seu nome! Ela não ganhou o programa (assim como Susan Boyle, perdeu para um grupo de dança/ginástica), mas foi uma das finalistas.
Gosto destes exemplos porque eles mostram que a velhice não é um período da vida que traz apenas perdas. Quanto mais eu estudo sobre velhos e envelhecimento, mais eu me surpreendo.

Adorei o sotaque dela! E como os escoceses são simpáticos! Adoro este povo!

Vídeo sem legenda, com melhor qualidade aqui.

Vídeo com legenda, mas qualidade ruim.
"Esse vídeo mostra uma senhora de 80 anos, Janey Cutler, sete filhos, treze netos e quatro bisnetos, que se apresentou no Britain’s Talent em 2010, chegando a final. Não foi a vencedora, mas, marcou presença pela sua voz e simpatia.
Para vocês terem uma idéia do quanto essa senhora canta, basta escutar a canção original, “No regrets” com Edith Piaf. Simplesmente maravilhoso. E acho que a letra da música também tem tudo a ver. Ao que parece, Janey é uma pessoa que não tem arrependimentos. A pergunta final do jurado: “Janey, por quantos anos você esperou para estar aqui?”, teve uma resposta magnífica: “Só estou agradecida por estar aqui esta noite.”.
O Britain's Got Talent é um desses programas onde o grande objetivo é encontrar as pessoas mais talentosas, independente da sua idade ou atividade. Qualquer pessoa que possua qualquer tipo de talento é encorajado a participar do programa, sejam elas cantoras, "dançarinas, comediantes, e por aí vai... O programa de caça-talentos britânico, que é exibido no canal ITV, já está em sua terceira temporada pelas terras da rainha e oferece um prêmio de 100 mil libras ao vencedor, além da oportunidade de se apresentar para a família real, o que é uma verdadeira honra para o pessoal de lá. Lembra do fenômeno Susan Boyle? Pois é. Foi esse programa de caça talentos que a lançou. Até hoje o vídeo dela é um dos mais assistidos na internet de todos os tempos. Basta procurar no YouTube por Susan Boyle e constatar que todos os resultados da primeira página tem, pelo menos, um milhão de visualizações!"


sábado, 6 de agosto de 2011

Geniozinho

O áudio está ruim e em inglês, mas vale a pena assistir. O menino é um fofo, além de ser um pequeno gênio. Não acredito em "dom divino", mas em muito trabalho, dedicação e esforço. E na minha opinião, este menino tem todas estas qualidades! Ainda falta ele colocar mais interpretação nas músicas. Porém, acredito que isto melhorará com o tempo, já que em algumas partes de algumas músicas ele já faz isto! video

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Ajuda

Pessoal, uma amiga minha está participando de uma gincana do cursinho. Para ajudá-la numa das provas, basta assistir o vídeo abaixo!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Wiki Mapa da Corrupção do Brasil

E-mail que recebi com uma proposta interessante. Se dizem que o povo tem memória curta, a internet talvez seja um meio para nos ajudar a lembrar.

A idéia do wiki mapa é o construirmos todos juntos postando algum caso de corrupção ocorrido no país. Cada pessoa é responsável pelo o que escreve e a criadora do mapa não se responsabilizará pelas denúncias falsas e/ou sem links de referência. Basta colocarem seu email e um link no final do post de uma fonte segura. Faça o login, clique em editar (direita acima), clique no marcador azul, escolha a cidade, escreva dentro da janela do marcador e salve.

http://maps.google.com.br/maps/ms?hl=pt-BR&ie=UTF8&msa=0&msid=204209735970361037698.0004a40f41edf1d554ba0&t=h&z=7